Está chegando o Dia 08 de Março, Dia Internacional da Mulher! Neste dia a Turucutá vai celebrar o seu 7º aniversário e fazer o seu carnaval pela Rua João Alfredo, na Cidade Baixa, em Porto Alegre. Que belo dia para se ter alegria e para evidenciar lutas e conquistas das mulheres!

Nossa bateria, como foi bem lembrado pelo surdista da Turu Ian Angeli, tem uma presença feminina difícil de se ver nas Escolas de Samba. Nosso time conta com mulheres nos Surdos, instrumentos mais pesados da bateria, até os mais leves, Tamborins, Rocares e Agogôs.

Embora ultimamente as Escolas de Samba têm aberto mais espaço para percussionistas mulheres em todos os naipes de instrumentos, como lembra o Alisson Batista, nosso cuiqueiro, essa representação ainda é bem tímida nas avenidas. Encontrar mulheres tocando Surdo em Escola de Samba ainda é algo quase impossível.

É com orgulho que dizemos: dos 9 surdistas que tocarão domingo, 4 são mulheresAnanda AliardiCarolina PizzatoGiuliana Zani e Raquel Matzenbacker vão mostrar que tem mulher surdista sim, que arrebentam e mantêm o andamento! E se reclamar vai ter o dobro ano que vem!

Na Turucutá, instrumento musical não tem gênero!!! Respeita nossas surdistas!